óculos que duram mais, duram muito mais

COMO FAZER SEUS ÓCULOS DE SOL DURAREM MAIS, MUITO MAIS

Os óculos passaram de item de necessidade a acessório fashion, principalmente para quem depende deles na hora de ter a visão melhorada. Já falei certa vez sobre os cuidados gerais que você deve ter para manter os seus óculos em bom estado por mais tempo, para durarem mais, muito mais. Nesse post, falaremos especificadamente sobre os cuidados com as lentes. São dicas essenciais para que elas tenham um desempenho melhor e mais duradouro. Confira!

Qual lente dura mais?

Existem inúmeras tecnologias empregadas nos óculos para auxílio da correção de diferentes problemas de visão. Contudo, as peculiaridades das lentes vão além das diferenças visuais entre uma e outra – como a espessura da orgânica e da de policarbonato, por exemplo – sendo que o mais importante é prestar atenção às distinções tecnológicas usadas na fabricação.

Juntamente com os óculos, você recebe uma série de cartões com especificações do produto, inclusive informações sobre a lente. É importante ler atentamente as recomendações para o melhor aproveitamento da vida útil do produto, pois cada fabricante sabe, com maior exatidão, os processos químicos que as lentes sofreram e a melhor forma de conservá-las. Portanto, perder alguns minutos lendo as recomendações – e seguindo-as – pode significar alguns anos a mais na sobrevida de suas lentes.

Suas roupas não servem para suas lentes

Em alguns casos, apelar para limpar as lentes em camisetas e camisas é a única solução. Não há muito mal nisso, se ocorrer apenas uma ou duas vezes em um grande espaço de tempo, mas transformar essa forma de limpeza em algo corriqueiro não é nem um pouco recomendado. O grande problema é que comumente os tecidos juntam pequenas partículas de sujeira, que acabam arranhando as lentes. Ao invés de ter de usar sempre desta artimanha, procure por flanelas ou panos de microfibras em óticas e lojas especializadas.

Lave suas lentes

Alguns especialistas contestam a lavagem frequente das lentes, mas saiba que lavá-las com parcimônia pode trazer grandes benefícios. Coloque seus óculos em água corrente, morna ou fria, com uma gota de sabão liquido neutro, tipo detergente, esfregando delicadamente com a ponta dos dedos. Retire o excesso de água com uma bucha de papel macio e termine de secar com o pano de microfibra, ou outro tipo que seja adequado.

Volte à ótica com regularidade

A grande maioria das óticas disponibiliza equipamentos para a higienização profunda de lentes e armações. Conhecido como banho ultrassônico, essa técnica promete deixar seus óculos como se fossem novos. Repetir esse procedimento duas vezes ao ano é o ideal para todos os tipos de lentes. Além de fazer a limpeza profunda nos óculos, aproveite a visita para realizar ajustes da armação no seu rosto, evitando que se criem lascas e bactérias.

Infelizmente ainda não existe uma técnica que retire riscos e arranhões das lentes, mas as tecnologias estão avançando cada vez mais para que isso aconteça em breve. Enquanto isso não acontece, prevenir é a melhor opção!

astraeiform

Então você quer que seu Ruivo Dure mais, Muito Mais…

Hoje tem novidade especial pra vocês! É que agora contamos com uma nova colaboradora, A Gleici Duarte. Ela entende tudo de tintura e vai postar aqui várias dicas pra quem curte o assunto. Pra começar ela vai falar de um assunto que ela mega domina: cabelos ruivos! Agora eu deixo vocês com ela, combinado? Beijos e espero que gostem da novidade!

Como Fazer tintura Ruiva Durar Mais, Muito Mais – Um guia para iniciantes por Gleici Duarte

Olá, meninas!

Meu nome é Gleici, sou estudante de farmácia (quase farmacêutica rs) e moro em Brasília. Hoje vim dar minha singela contribuição sobre cabelos aqui. Bom, eu posso ser leiga em muita coisa, mas de cabelo e coloração eu entendo bastante. São muitos anos fazendo arte no cabelo, recuperando catástrofes e obrando milagres na cabeleira da mulherada, então a gente acaba aumentando nossa experiência, certo?

Hoje vou reunir algumas informações bacanas para as meninas que estão se apaixonando pelo ruivo acobreado (também conhecido como ruivo laranjinha ou loiro acobreado). Essa é a minha cor paixão, um caso de amor que já dura três anos.

Antes de falar sobre o ruivo especificamente, preciso explicar sobre coloração e suas nuances. Para que as cores fiquem organizadas e façam sentido, os tons de cabelo são organizados em números numa escala crescente, onde os mais escuros são os primeiros e os mais claros os últimos. Veja essa tabela:

Agora que você sabe sobre os tons base, precisamos falar sobre as nuances. Sempre que houver um “.” (pronto) após a numeração base, significa que a cor possui uma nuance, ou seja, um tom que traz um reflexo diferente para a coloração. Dá uma olhada nessa tabela:

O ruivo acobreado é o ruivo que possui uma nuance .4. Essa nuance pode ser um reflexo de uma cor base ou fazer parte de uma mistura de reflexos, como a .34 (que é uma mistura de dourado e acobreado). Importante: se há mais de um número após o ponto, a lógica é: quanto mais próximo ao ponto, maior a prevalência daquela cor. Pegando nosso exemplo do tom 0.34, podemos dizer que há mais dourado do que acobreado na coloração.

Vamos ver esses exemplos na prática?

Veja esses ruivos e a diferença de claridade entre eles. Os exemplos de cores foram organizados de forma crescente. A foto é dos tons base (5, 6, 7, 8 e 9).

Agora imagine esses mesmos ruivos base com reflexos diferentes. Pode haver reflexos dourados, vermelhos, acobreados intensos, marrons, e outros que fazem uma mistura de cor bem ampla e que agrada a todos os gostos.

 

Agora você sabe que o ruivo acobreado pode ter, além de diferentes claridades, nuances e tons muito variados e diferentes. E olha, tô falando só de ruivo! Imagine toda essa mistura de número se aplicando a outras colorações? Pois é, é complicado mas a gente pega o jeito.

A água oxigenada (ox) é algo importante na nossa saga ruiva. Quanto maior o volume da ox, mais claro o tom vai abrir. Podemos usar ox de 20, 30 e 40 na mistura da tinta.

Ficou com vontade de ficar ruiva depois de escolher uma cor base e nuance? Agora vem o próximo passo, que é escolher a numeração certa para obter o tom que você quer no seu cabelo. Basicamente, se você quer chegar a um certo tom de ruivo, seu cabelo precisa estar na cor base desejada (5, 6, 7, 8 ou 9). Caso seu cabelo não tenha essa cor base, são necessárias algumas etapas para chegar nela. Vejam só:

Se seu cabelo é virgem:
Cabelos virgens pegam cores com facilidade, com exceção de cabelos muito grossos e naturalmente escuros (que precisam de luzes ou coloração mais clara para chegar ao tom de primeira).
O próximo passo é escolher a tinta e a ox e fazer um teste numa pequena mecha do cabelo (respeitando o teste de alergia e a indicação de uso do fabricante ou seguindo a orientação do profissional). Veja se o tom vai ficar como você quer. Se não ficar, repense na escolha da tinta e água oxigenada.

Se seu cabelo é loiro:
Os cabelos loiros já são claros (base 8, 9, 10…), então quaisquer colorações ruivas conseguem atingir o tom certo nessa base. Só é necessário paciência para que a tinta desbote menos com as lavagens, pois o cabelo loiro também possui menos massa, e os pigmentos ruivos não conseguem se fixar na fibra capilar. Tonalizantes e retoques serão necessários por alguns meses.

Se seu cabelo é pintado com castanho, vermelho cereja ou cores fantasia:
Lembra das cores das nossas bases para ruivos? É necessário conferir se o ruivo que você quer é mais claro do que a base atual do seu cabelo. Se não for, você pode usar um produto chamado DekapColor, que remove parte da pigmentação dos fios sem agredir e ajuda seu cabelo a receber o ruivo acobreado. Imagine que seu cabelo é um vermelho cereja com base 6.66 e você quer um ruivo acobreado 6.4. Neste caso, será necessário aplicar o dekapcolor para que essa nuance .66 fique mais suave e o .4 consiga aparecer no cabelo.
Caso a cor de ruivo que você deseja seja mais clara do que a sua cor base atual, você precisa clarear a sua base. Sabe aquela frase clichê que ouvimos no salão “Tinta não clareia tinta”? Ela é bem real e cruel rs. Você pode aplicar o dekapcolor para facilitar a remoção da tinta e depois é necessário fazer mechas, luzes ou mesmo descolorir o cabelo com pó descolorante e água oxigenada. Assim que atingir a cor base desejada, é só usar a tinta e ox escolhidas.
CUIDADO! Descoloração é coisa muito séria e é arriscado fazer em casa. Procure um profissional de confiança e invista em produtos de qualidade. Friso aqui a importância disso, pois uma descoloração mal feita pode deixar seus fios elásticos e causar até mesmo um corte químico. A qualidade da água oxigenada e do pó descolorante também é fundamental, e (infelizmente) proporcional ao preço.
Vale mais a pena investir em produtos bons e um salão de confiança ou investir em tratamentos caros depois? Pense bem rs. Ruivo é quase sinônimo de gastança.

Se seu cabelo é preto ou preto azulado:
Olha, essa é a saga mais complicada que existe. Cabelo preto é quase casamento, mas não desista!
Alguns passos são idênticos às orientações para cabelos castanhos e cerejas. Só julgo mais necessário cuidados com a saúde dos fios, pois muitos tons precisam ser abertos e você não vai querer abrir todos eles num dia só. Cabelo bonito é cabelo saudável, então retire o preto com paciência.

Vou dar algumas dicas:
• Use e abuse do dekapcolor, pois quanto mais você usar, mais preto vai sair dos seus cabelos.
• Dê tempo aos seus fios. Use dekapcolor apenas uma vez por semana, respeitando a indicação do fabricante. Hidrate todos os dias, mesmo que não julgue necessário.
• Quando a tinta preta sair consideravelmente ou você notar que o dekap não está fazendo efeito, é hora da descoloração.
• Você pode fazer luzes, mechas ou descolorir o cabelo todo. A ajuda de um profissional é fundamental. Se a cor base não for atingida de primeira, dê tempo ao seu cabelo! Hidrate, cuide, espere algumas semanas e repita o procedimento.
• Sempre faça testes de mecha para saber se a cor que você quer já fica legal na sua cor base. Assim você fica mais segura do processo.
• Talvez seu cabelo fique meio feio no meio da saga, afinal são muitas etapas para conseguir sair do preto e chegar ao ruivo. Precisa de paciência mesmo, viu?

Dicas que toda ruiva deve seguir:
>> Faça teste de reação alérgica toda vez que for pintar os cabelos, mesmo que já tenha usado a coloração.
>> Não se espelhe na mistura das outras colegas e aplique de uma vez no cabelo. Faça um teste de mecha para saber se a tinta vai dar o mesmo resultado nos seus fios.
>> Hidrate, nutra e reconstrua seu cabelo com frequência. Ruivo bonito é ruivo brilhante e saudável.
>> Alisamentos, progressivas e selantes devem ser feitos depois da coloração, caso contrário o ruivo não fixa no fio selado.
>> Pesquise bastante! Há muita coisa legal pra ser descoberta na internet e muita guru ruiva por aí.
>> Entre no grupo (516) 244-8392, e divida sua experiência e dúvidas com as outras 3.700 ruivas loucas pelo tom laranjinha.

Deixo vocês com alguns ruivos que já tive. Acho que já tive uns 25 diferentes rs. É pra usar e abusar!